O problema da diversidade dialectal do Centro-Sul português: informação perceptiva versus informação acústica

Autores

Tipologia: 
Artigo de revista
Título da revista: 
Estudos de Lingüística Galega
Ano: 
2014
Número: 
6
Páginas: 
53-80
Sinopse do conteúdo: 

[Resumen extraído de la fuente original]

O presente artigo parte dos dados acústicos de Brissos (2014) sobre o Centro-Sul português e divide-se em dois planos: a) sistematização da informação que a literatura tem fornecido sobre ou de interesse para o problema da diversidade dialectal do Centro-Sul português, numa correspondência geográfica linear com a área estudada por Brissos (2014); b) confrontação dessa informação, que é de base perceptiva, com os resultados de Brissos (2014). Os resultados perceptivos dos estudos de caso (estudos que incidem sobre falares ou localidades espe­cíficos) concordam com os dados acústicos de Brissos na informação fundamental; permitem por isso sugerir a revisão das ideias que os estudos de classificação dia­lectal nos têm deixado sobre o Centro-Sul português. Essa sugestão é eficaz porque parte de duas metodo­logias diferentes (a da dialectologia perceptiva / tradi­cional e a da dialectologia acústica). São metodologias de que a dialectologia actual não deve abdicar; deve ser abandonada a exclusividade da dialectologia percepti­va e ser utilizada, no estudo da fonética dialectal, uma perspectiva de complementaridade entre informação perceptiva e informação acústica. Palabras chave: Dialectologia perceptiva / tradicional; dialectologia acústica; classificação dos dialectos do Centro-Sul português.

The problem of central-southern Portuguese dialectal diversity. Auditory information versus acoustic information

This paper is based on acoustic data presented by Brissos (2014) for central-southern Portuguese dialects. It is divided into two main parts. 1, A review of the information found in the literature addressing or relevant to the problem of central-southern Portuguese dialect diversity. The geographical area under consideration corresponds to that studied in Brissos (2014). 2, Comparison of that information, which is based on impressionistic data, with the results presented in Brissos (2014). Auditory phonetic data on specific dialects or local speech varieties leads to the same basic conclusions as Brissos’ data. This suggests a revision of some of the ideas stated in studies of the dialect classification of central-southern Portuguese. This conclusion is reinforced by the fact that it is based on two different methods: that of impressionistic (i.e., traditional) dialectology, and that of acoustic dialectology. Both methods should be used in a complementary manner in present-day dialectology; the study of phonetic aspects of dialects cannot be based on impressionistic descriptions alone, as has traditionally been the case. Keywords: Perceptual dialectology, acoustic dialectology, classification of central-southern Portuguese dialects.

ÍNDICE: 1. Introdução. || 2. O Centro-Sul português nos estudos de panorama. || 3. A informação dos estudos de caso. | 3.1. Comentário ao mapa 6. | 3.1.1. Palatalização de /u/. | 3.1.2. Palatalização contextual de /a/. | 3.1.3. Palatalização de /o/ proveniente da monotongação de [oj], [ow]. | 3.1.4. Velarização (labialização) de /e/. | 3.2. Comentário ao mapa 7. | 3.2.1. Velarização de /a/. | 3.2.2. Fechamento (elevação) de /o/. | 3.2.3. Abertura (abaixamento) de /o/. | 3.2.4. Fechamento (elevação) de /ɔ/. | 3.3. Comentário ao mapa 8. | 3.3.1. Abertura (abaixamento) de /e/. | 3.3.2. Abertura (abaixamento) de /e/ proveniente da monotongação de [ej], [ew]. | 3.3.3. Abertura (abaixamento) de /ɛ/. | 3.3.4. Ditongação descrescente de /e/ ou /ɛ/ > [ej], [ɛj]. | 3.3.5. Ditongação crescente de /e/ ou /ɛ/ > [je], [jɛ]. | 3.4. Síntese. || 4. Conclusão.

Língua: 
Última modificação: 
02/08/2019 - 14:26