Solidariedades fronteiriças na guerra civil espanhola: o caso de Barrancos

Autores

Simões, Dulce (Autor)
Tipologia: 
Trabalho inédito
Ano: 
2012
Páginas: 
6
Sinopse do conteúdo: 

[Resumo proveniente da fonte]

Nesta comunicação tomamos como objecto empírico e historiográfico os movimentos de refugiados durante os primeiros meses do golpe militar em Espanha, e em particular o caso de Barrancos, entrelaçando fontes orais e documentais. A abordagem resulta da investigação sobre as memórias da guerra civil espanhola, num contexto rural e fronteiriço do Baixo Alentejo, entre 2002 e 2010. Ao questionarmos o lugar da fronteira como espaço de múltiplos poderes, atribuímos legibilidade às relações de poder e resistências, e ao conflito entre o Estado e os seus representantes na fronteira. 

Notas: 

Colóquio Internacional Fronteiras e Mobilidades na Península Ibérica no Século XX. Organizado pelo IHC/FCSH-UNL. Lisboa, 13 e 14 de Dezembro, 2012.

Língua: 
Área geográfica: 
Última modificação: 
02/08/2019 - 14:27