Cerâmicas finas romanas da área do Monte de São Martinho (Castelo Branco, Portugal) em depósito no Museu Francisco Tavares Proença Júnior

Autores

Tipologia: 
Atas de congresso
Título do volume: 
II Congresso Internacional de Arqueologia da região de Castelo Branco nos 100 anos da Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior
Editores de volume: 
Vilaça, Raquel (coord.)
Localidade: 
Castelo Branco
Editorial: 
Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior
Ano: 
2016
Páginas: 
233-264
ISBN: 
978-989-8289-71-1
Sinopse do conteúdo: 

[Resumo proveniente da fonte]

O Monte de São Martinho, situado a cercade 3 km a Sudeste da cidade de Castelo Branco, é um sítio arqueológico cuja importância para a Prée Proto-História da Península Ibérica é reconhecidadesde as escavações levadas a cabo por Francisco Tavares Proença Júnior, nos inícios do século XX. Desde então, têm-se desenvolvido vários estudos nos quais as dimensões pré-histórica, proto-histórica e romana do sítio e da área envolvente – em especial, o território entre o monte e as capelas da Senhora de Mércules e de Sant’Ana – têm sido abordadas. Entre os vários artefactos da Época Romana encontrados na área do Monte de São Martinho e depositados no Museu Francisco Tavares Proença Júnior (Castelo Branco), existem diversos fragmentos de cerâmicaina romana recolhidos durante as décadas de 1910, 1970 e 1980. Estas cerâmicas, oriundas de variados centros produtores e utilizadas no consumo de alimentos, são uma das marcas clássicas da presença romana e também uma evidência de contactos comerciais entre as diferentes regiões do Império. O presente estudo constitui uma primeira abordagem às cerâmicas romanas recolhidas na área do Monte de São Martinho que se encontram em depósito no Museu Francisco Tavares Proença Júnior. Para além dos indícios que a análise deste conjunto pode fornecer em relação à ocupação romana do território, pretende-se ainda perceber os padrões de importação de cerâmicas romanas na região central da antiga província da Lusitânia.

Língua: 
Área geográfica: 
Última modificação: 
03/01/2020 - 19:15