Areas lexicais galegas e portuguesas: um novo olhar para a proposta de Cintra

Autores

Tipologia: 
Artigo de revista
Título da revista: 
Estudis Romànics
Ano: 
2012
Número: 
34
Páginas: 
55-97
Sinopse do conteúdo: 

[Resumen extraído de la fuente original]

Luis F. Lindley Cintra publicou, em 1962, um meritório artigo sobre áreas lexicais no território continental português, partindo das designações obtidas para oito conceitos (‘ordenhar’, ‘úbere da vaca’, ‘soro’, ‘fêmea estéril’, ‘cria da ovelha’, ‘cria da cabra’, ‘maçaroca’ e ‘queixo’) em 77 pontos do Atlas Lingüístico de la Península Ibérica (ALPI) por ele pesquisados em 1953 e 1954. Esse trabalho foi complementado, para a Galiza, por Dubert e Sousa (2002) com materiaisinéditos do Atlas Lingüístico Galego (ALGa) e por Saramago e Bettencourt (2004) para os Açores, com respostas do Atlas Linguístico-Etnográfico dos Açores (ALEAç). O objectivo da nossa contribuição é confrontar os dados de Cintra com os recolhidos por Paiva Boléo para o ILB e com os mais recentes, obtidos nos trabalhos de elaboração do Atlas Linguístico-Etnográfico de Portugal e da Galiza (ALEPG). O dito confronto permite examinar a evolução diacrónica da proposta de Cintra e a sua validade actual. Palavras‑chave: Áreas lexicais, léxico dialectal, Atlas Lingüístico de la Península Ibérica (ALPI), Atlas Linguístico-Etnográfico de Portugal e da Galiza (ALEPG), dialectologia.

In 1962, Luis F. Lindley Cintra published a commendable article on lexical areas within peninsular Portuguese territory, starting from the names for eight concepts (milking, cow’s udder, whey, sterile female animal, lamb, kid, bobbin and chin / jaw) at 77 points on the Atlas Lingüístico de la Península Ibérica (ALPI) where he presented questionnaires in 1953 and 1954. This work was complemented for Galicia by Dubert and Sousa (2002) with unpublished materials from the Atlas Lingüístico Galego (ALGa), and for the Azores by Saramago e Bettencourt (2004) with responses from the Atlas Linguístico-Etnográfico dos Açores (ALEAç). The purpose of our contribution is to contrast Cintra’s data with those collected by Paiva Boléo for ILB, and with the more recent materials obtained from work carried out on the Atlas Linguístico-Etnográfico de Portugal e da Galiza (ALEPG). This comparison makes it possible to examine the development of Cintra’s project and assesses its present-day validity. Keywords: lexical areas, dialectal lexis, Atlas Lingüístico de la Península Ibérica (ALPI), Atlas Linguístico-Etnográfico de Portugal e da Galiza (ALEPG), dialectology.

Língua: 
Área geográfica: 
Última modificação: 
02/08/2019 - 14:23