“Letreiros de romanos q se achão na v.a de Castel Branco”. Epigrafia e história fundacional albicastrense. As presenças e as ausências

Autores

Tipología: 
Actas de congreso
Título del volumen: 
II Congresso Internacional de Arqueologia da região de Castelo Branco nos 100 anos da Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior
Editores del volumen: 
Vilaça, Raquel (coord.)
Localidad: 
Castelo Branco
Editorial: 
Sociedade dos Amigos do Museu de Francisco Tavares Proença Júnior
Año: 
2016
Páginas: 
265-282
ISBN: 
978-989-8289-71-1
Sinopsis de contenido: 

[Resumo proveniente da fonte]

Apresentamos uma leitura diacrónica de algumas das pluralidades textuais surgidas desde o século XVI que revelam uma idealização do passado de Castelo Branco que terá resultado da conjugação de fontes documentais, vestígios materiais, principalmente de natureza epigráfica datáveis do período romano, tradições e hipotéticas vinculações a uma geografia hagiográfica e a autores clássicos. A história da arqueologia local tem contribuído para avaliar e descodificar, no território vivencial contemporâneo, a presença ou a ausência dessa dimensão mítica e fantasista das origens remotas do povoamento do sítio. Palavras-chave: Castelo Branco; Epigrafia romana; História da arqueologia.

We present a diachronic reading some of the textual pluralities arising from the sixteenth century reveal a White Castle past the idealization that will result from the combination of documentary sources , material remains, mostly datable epigraphic nature of the Roman period , traditions and hypothetical bindings to a hagiographic geography and classical authors . The history of the local archeology has contributed to evaluate and decode , in contemporary existential territory , the presence or absence of this mythic dimension and fantasist of the remote origins of the site settlement. Keywords: White Castle; Roman epigraphy ; History of archeology .

Lengua: 
Área geográfica: 
Última modificación: 
04/01/2020 - 11:11