A configuracão da fronteira luso-espanhola nos mapas dos séculos XV a XVIII

Autores

Tipología: 
Artículo de revista
Título de la revista: 
Treballs de la Societat Catalana de Geografia
Año: 
1996
Volumen: 
XI
Número: 
41
Páginas: 
293-321
Sinopsis de contenido: 

[Resumo proveniente da fonte]

Propomo-nos analisar a fronteira luso-espanhola a partir de alguns exemplos de cartografia antiga com dois objectivos: reconstituir a configuração dessa fronteira e seguir a sua figuração como tema principal ou complementar, em mapas dos séculos XV a XVIII. Para o estudo da imagem difundida entre o início da cartografia impressa e a implementação da cartografia cientifica oitocentista, foram escolhidas duas escalas: a peninsular e a nacional portuguesa. Os exemplos da primeira encontram-se maioritariamente entre os mapas impressos não ibéricos, já que eles representam os grandes produtores e os grandes difusores da cartografia europeia. Os exemplos da segunda são os poucos mapas portugueses existentes, confrontados com as preocupações cartográficas divulgadas por geógrafos e corógrafos coevos. As imagens sao testadas em função do fenómeno fronteira, um dos temas cartografados mais importantes e controversos. 

Lengua: 
Área geográfica: 
Última modificación: 
02/08/2019 - 14:22