La Alamedilla 01. Sesión 1. La lengua

Fecha | Data | Date: 15/07/2015
​Duración | Duração | Length: 4:41

Solo audio. Participan esporádicamente dos personas que estaban en casa en el momento de la entrevista.| Apenas áudio. Participam esporadicamente duas pessoas que estavam em casa na altura da entrevista. | Audio only. Two people who were at home at the time of the interview sporadically participate.

 

ESP: Glotónimo. Se explica como mescolanza de español y portugués, surgido del intenso contacto transfronterizo. Las aldeas portuguesas del otro lado de la Raya lo reconocen como portugués. Ahora ya no se habla. Alguna gente de 50-60 años sabe hablarlo, pero mal. En agosto viene alguna gente mayor que vive emigrada con su familia, “en el norte”, y esos sí que hablan.

PORT: Glotónimo. Explica-se como uma mistura de espanhol e português, resultante de um intenso contacto transfronteiriço. As aldeias portuguesas do outro lado da Raia reconhecem-na como português. Agora já não se fala. Algumas pessoas na casa dos 50 e 60 anos sabem como falar, mas mal. Em agosto chegam alguns idosos que vivem emigrados com sua família, "no norte", e essas pessoas falam.

ENG: Glotonym. It is explained as a mixture of Spanish and Portuguese, arising from intense cross-border contact. Portuguese villages on the other side of Raya recognize it as Portuguese. Now it is no longer spoken. Some people in their 50s and 60s know how to speak it, but badly. In August some older people who live emigrated with their family, "in the north", come, for holidays, and those people do speak.

Audio/Video Files: