À vaca que não tem rabo, abana-a Deus. Designações para a vaca rabela na Galiza

Typology: 
Paper
Journal title: 
Signum: Estudos da Linguagem
Year: 
2009
Volume: 
12
Issue: 
2
Pages: 
11-34
Synopsis: 

[Resumen extraído de la fuente original]

Este artigo apresenta um exemplo de um projecto mais amplo que persegue o estudo dos nomes relacionados com a vaca, um animal de extraordinária importância na cultura galega. Estudam-se diversas formas para designar a vaca sem rabo, desde vários pontos de vista, dando especial atenção à análise geolinguística. Mostra-se a relevância dos dados dialectais, para fazer hipóteses etimológicas e para avaliar os dados tirados de dicionários. Do mesmo modo, o material lexicográfico é muito útil como ajuda para melhorar a nossa compreensão de determinadas formas dialectais e a sua distribuição. Palavras-chave: Vaca; Geografia linguística; Dicionários.

This article presents a sample of a broader project that has as an objective the study of names referring to the cow, an animal of extraordinary importance in the Galician culture. Several forms to designate a cow without tail are studied from several points of view, paying special attention to geolinguistic analysis. The importance of dialectal data is shown in order to make etymological hypotheses and to ponder data taken from dictionaries. In the same way, lexicographical material is very useful as an aid to improve our understanding of certain dialectal forms and their distribution. Key-words: Cow; Linguistic geography; Dictionaries.

ÍNDICE: 1 Material primário utilizado || 2 As designações para a vaca sem rabo | 2.1 Derivados de rabo | 2.2 Construções sobre outra designação para o rabo ou a partir da zona do corpo em que nasce o rabo | 2.3 Referência ao toco, o que resta do rabo amputado | 2.4 Outras respostas || 3 Notas finais || Referências

Language: 
Last modified: 
03/23/2018 - 18:17